Varicela na Gravidez e Tratamento: Saber mais

Varicela na Gravidez e Tratamento

A varicela, também conhecida como catapora, é uma doença viral altamente contagiosa causada pelo vírus varicela-zoster. Embora seja mais comum em crianças, a varicela também pode afetar mulheres grávidas, apresentando riscos adicionais tanto para a mãe quanto para o feto. Neste glossário, abordaremos os principais aspectos da varicela na gravidez, incluindo sintomas, complicações e opções de tratamento.

Sintomas da Varicela na Gravidez

Os sintomas da varicela na gravidez são semelhantes aos da varicela em pessoas não grávidas. A doença geralmente começa com febre, mal-estar e uma erupção cutânea característica de pequenas bolhas vermelhas que se transformam em crostas. No entanto, devido às mudanças no sistema imunológico durante a gravidez, as mulheres grávidas podem apresentar sintomas mais graves e complicações mais sérias.

Riscos para a Mãe

Embora a varicela seja geralmente uma doença autolimitada em pessoas saudáveis, as mulheres grávidas correm um risco maior de complicações. A infecção pelo vírus varicela-zoster durante a gravidez pode levar a pneumonia, encefalite e hepatite. Além disso, a varicela na gravidez também pode aumentar o risco de parto prematuro e problemas no desenvolvimento fetal.

Riscos para o Feto

A varicela na gravidez pode ser especialmente perigosa para o feto. Se a mãe contrair varicela nos primeiros estágios da gravidez, há um risco aumentado de anomalias congênitas, como defeitos no sistema nervoso central, membros e olhos. Além disso, a infecção pelo vírus varicela-zoster no final da gravidez pode levar ao desenvolvimento de varicela neonatal, uma condição grave que pode ser fatal para o recém-nascido.

Diagnóstico da Varicela na Gravidez

O diagnóstico da varicela na gravidez é baseado nos sintomas clínicos e na história de exposição ao vírus. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico. É importante que as mulheres grávidas que suspeitam de varicela consultem um médico imediatamente para avaliação e orientação adequadas.

Tratamento da Varicela na Gravidez

O tratamento da varicela na gravidez é focado no alívio dos sintomas e na prevenção de complicações. Geralmente, são prescritos medicamentos antivirais para reduzir a gravidade e a duração da doença. Além disso, medidas de suporte, como repouso, hidratação adequada e alívio da coceira, também são recomendadas. É importante ressaltar que o uso de medicamentos durante a gravidez deve ser feito sob orientação médica.

Prevenção da Varicela na Gravidez

A melhor forma de prevenir a varicela na gravidez é através da vacinação. As mulheres que não tiveram varicela anteriormente devem ser vacinadas antes de engravidar. No entanto, a vacinação não é recomendada durante a gravidez, pois é feita com o vírus vivo atenuado. Portanto, é importante que as mulheres planejem a gravidez de forma a garantir a imunização adequada antes da concepção.

Recomendações para Mulheres Grávidas

Para reduzir o risco de contrair varicela durante a gravidez, as mulheres devem evitar o contato com pessoas infectadas. Além disso, é importante manter uma boa higiene pessoal, lavando as mãos regularmente e evitando tocar o rosto. Caso haja exposição ao vírus, é fundamental buscar orientação médica imediatamente.

Conclusão

A varicela na gravidez apresenta riscos adicionais tanto para a mãe quanto para o feto. É essencial que as mulheres grávidas estejam cientes dos sintomas, complicações e opções de tratamento disponíveis. Consultar um médico é fundamental para obter um diagnóstico adequado e receber orientações específicas para cada caso. A prevenção por meio da vacinação antes da gravidez é a melhor forma de evitar a varicela e suas complicações durante a gestação.